Ações simbólicas marcam Dia Mundial da Saúde e de luta em defesa da vida e do SUS


Diversas ações simbólicas ocorrerão nessa quarta-feira (7) para marcar o Dia Mundial da Saúde. A data coincide com a criação da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1948. As atividades integram a jornada de luta em defesa da vida e do SUS e de luto pelas vidas perdidas na pandemia, organizada pela Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde.


A FNCPS lançou também um manifesto no qual denuncia que “o Brasil, país que tem o Sistema Único de Saúde (SUS) como referência para o mundo, hoje é o epicentro mundial da pandemia de Covid-19”. O documento aponta uma série de medidas emergenciais para combater a pandemia, entre elas acelerar a vacinação, pelo SUS e para todas as pessoas, o lockdown em todo país, com auxílio emergencial efetivo, mais financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS), e que a Câmara dos Deputados dê andamento aos pedidos de impeachment contra o Presidente da República. “É necessário parar suas ações e apurar, com rapidez, seus crimes contra a população brasileira”, afirma o manifesto. Leia aqui.


Ações simbólicas Já são ao menos trinta e duas ações simultâneas, previstas para ocorrer às 11 horas em diversos estados do país. Confira aqui o mapa: http://bit.ly/passoapasso7abril


Também está previsto um ato simbólico do Conselho Nacional de Saúde na Praça dos três Poderes, em Brasília (DF), às 16 horas. Atividades nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de Belo Horizonte (MG), às 12 horas. Em Florianópolis (SC), os atos ocorrem na Casa da Agronômica (9h) e no Largo da Catedral (12h).


Já em São Paulo, estão programadas ações no MASP, na UPA do Hospital de Campo Limpo, Catedral da Sé, nos hospitais das Clínicas, Vila Alpina, Itaim, Grajaú, M. Boi Mirim, UPA Pirituba, João XXIII, HSPM, de Sapopemba, Vila Prudente e no Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro Saboya e na UBS Vila Zat. No Rio de Janeiro, ocorrem atos no Hospital da Lagoa (10h) e no Hospital do Andaraí (13h) e em Porto Alegre, em frente à Prefeitura (9h30).


Confira abaixo outras ações da jornada já agendadas:


8 de abril Brasília/DF: Entrega da Carta Aberta ao Povo Brasileiro da Frente Pela Vida e do Conselho Nacional de Saúde ao STF (frentepelavida.org.br ).

9 de abril Florianópolis/SC: Ato com velas às 18h30 no Largo da Catedral

São Paulo: Ato em defesa do SUS e da vida e em solidariedade aos profissionais de saúde em frente ao Instituto Butantã

Rio de Janeiro: Ato em defesa do SUS e da vida e em solidariedade aos profissionais de saúde em frente a Fundação Osvaldo Cruz

11 de abril Vitória/ES: Circulação de carros de som pela cidade em defesa do SUS, da vacina, do auxílio emergencial e do Fora Bolsonaro.


Fonte: ANDES-SN

Horário de funcionamento:
De segunda a sexta, das 9h às 17h.


Telefone: (31) 3551-5247
E-mail: secretaria@adufop.org.br

comunicacao@adufop.org.br

Endereço: R. Antônio José Ramos, 65 - Bauxita, Ouro Preto - MG, 35400-000, Brasil

  • Preto Ícone YouTube

Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação ADUFOP | 2018