ADUFOP constrói atividades na Semana de Luta do Setor das IFES



A ADUFOP tem construído desde o dia 25, estendendo até o dia 29 de abril, a Semana de Luta do Setor das Instituições Federais de Ensino (IFES) do ANDES-SN, com o tema central “Pela reposição salarial e em defesa da Educação Pública”. A semana foi aprovada no 40º Congresso do ANDES-SN realizado em Porto Alegre (RS) entre 27 de março e 1º de abril, e a deliberação da construção em âmbito da ADUFOP ocorreu em assembleia realizada em 12 de abril.


Durante esse período, a Diretoria da entidade tem visitado os campis e realizado conversas e debates as sobre as condições de trabalho docente, os impactos dos cortes orçamentários, a necessidade de reposição salarial e orçamentária nas IFES, entre outros temas.


A ADUFOP já realizou atividades no ICEA, em João Monlevade e no ICEB, em Ouro Preto. Hoje, 27 de abril, a ADUFOP participará, a partir de convite realizado pelo ASSUFOP, de assembleia convocada pela entidade sindical representativa dos técnico-administrativos, em que contribuirá com reflexões de análise de conjuntura e sobre as posições e encaminhamentos que o ANDES-SN e a ADUFOP vem construindo, bem como, reforçará a importância das lutas locais serem construídas de forma conjunta e ampla.


Amanhã (28), Dia Nacional de Paralisação, data aprovada em Assembleia Geral ADUFOP e já notificada à Reitoria da UFOP, a entidade organizou dois debates públicos com o tema “A luta de trabalhadores e estudantes e o futuro da universidade pública”. O primeiro debate será no Centro de Convergências, no campus Morro do Cruzeiro, em Ouro Preto, de 12h às 14h. O segundo será em Mariana, no auditório do ICSA, de 16h às 18h.


Durante todas as atividades programadas, estão sendo entregues às/aos docentes sindicalizadas/os lembranças comemorativas referentes à Campanha ADUFOP 40 anos. Estas lembranças foram produzidas/confeccionadas por trabalhadores e trabalhadoras artesanais da cidade de Ouro Preto. Dar visibilidade a este âmbito é uma ação que se inscreve nas reflexões e comemorações que a ADUFOP pauta e organiza em referência ao dia internacional de lutas das/os trabalhadores/as que é comemorado em 1º de maio.


Além das atividades locais, há uma agenda complementar em Brasília (DF), em conjunto com as servidoras e os servidores públicos federais, no âmbito do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe). Durante a semana será mantida a vigília em frente ao Ministério da Economia, em Brasília (DF), e também a realização de outras atividades na capital federal, para pressionar o governo a abrir negociações acerca da recomposição salarial emergencial de 19,99%, reivindicada em unidade por todas as categorias do funcionalismo federal.


Prezada/o docente, participe das ações propostas! Somente em coletivo podemos avançar e fazer resistência ao contexto de desmonte e perda de direitos que tem incidido sobre nossa categoria ao longo dos anos.