Capes anuncia corte de 5.613 bolsas de pós-graduação para este ano

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), anunciou o corte de 5.613 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado que estavam previstas para os quatro meses restantes do ano. Foram preservadas as bolsas para a formação dos professores da educação básica. O bloqueio foi anunciado nesta segunda-feira (02), pelo presidente da instituição, Anderson Ribeiro Correa, e é reflexo da redução do orçamento no setor da educação.


Orçamento da fundação em 2020 é quase a metade da previsão deste ano - Tânia Rêgo/Agência Brasil

É o terceiro anúncio de retirada de bolsas em 2019. Nos oito primeiros meses, o governo Bolsonaro extinguiu 11.811 bolsas de pesquisa financiadas pela Capes, o equivalente a 12% das 92.253 bolsas de mestrado e doutorado financiadas no início do ano.


O governo afirma que não haverá interrupção de pagamento para bolsistas com pesquisas em andamento e que a medida atinge apenas bolsas de pesquisadores que já finalizaram seus estudos, e que não serão repassadas para outros alunos. A decisão prejudica estudos que dependem de continuidade, nos quais um pesquisador conclui seu período de bolsa e repassa o trabalho para outro.


Neste ano, foram reservados para a Capes R$ 4,250 bilhões, dos quais R$ 819 milhões foram contingenciados, equivalentes a 19% do valor que fora autorizado. Para 2020, no primeiro orçamento desenhado pela atual gestão, os do órgão cairão 51%, passando para R$ 2,20 bilhões.











Horário de funcionamento:
De segunda a sexta, das 9h às 17h.


Telefone: (31) 3551-5247
E-mail: secretaria@adufop.org.br

comunicacao@adufop.org.br

Endereço: R. Antônio José Ramos, 65 - Bauxita, Ouro Preto - MG, 35400-000, Brasil

  • Preto Ícone YouTube

Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação ADUFOP | 2018