top of page

GREVE FEDERAL: Docentes iniciam mais uma semana de intensas mobilizações

O Comando Nacional de Greve do ANDES-SN definiu uma agenda intensa de mobilizações para esta semana. A segunda-feira (6) foi marcada por reuniões para organização das tarefas e atualização das informações locais sobre a greve nas universidades, institutos federais e cefets. Iniciada em 15 de abril, a paralisação de docentes federais da base do ANDES-SN já ocorre em ao menos 47 instituições.


A cobrança de nova rodada de negociação, preparação de atividades unificadas entre docentes, técnicas, técnicos e estudantes, bem como a solidariedade com a população do Rio Grande do Sul marcarão a terça-feira (7). Já na quarta-feira (8), será dia de visita ao Congresso Nacional dialogar com parlamentares sobre as pautas da greve da Educação Federal, em especial, sobre a recomposição do orçamento das Instituições Federais de Ensino (IFE).


Na quinta-feira (9), acontecerá o Dia Nacional de Luta em Defesa das Universidades, Institutos e Cefets com atividades nos estados e no Distrito Federal. O objetivo é dialogar com a população sobre a crise orçamentária das IFE, a importância do fim das intervenções nas universidades e cobrar a paridade entre ativos/as e aposentados/as nas negociações com o governo.


O Comando Nacional de Greve do ANDES-SN realizará, na sexta-feira (10), pela quarta semana consecutiva, um café da manhã em frente ao Palácio do Alvorada para reivindicar que o Luiz Inácio Lula da Silva receba o movimento grevista.  Já na segunda-feira (13), estão previstos atos públicos na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e nas reitorias das Ifes, nos estados, na durante a realização de reuniões com o Ministério da Educação (MEC), quando serão cobrados avanços concretos nas negociações.

Confira a agenda:

7 de maio (Terça-feira)

10h – Vigília no MGI para cobrar reunião de negociação com o governo;

14h – Reunião da comissão dos CNGs em greve (ANDES, FASUBRA, SINASEFE e estudantes);

16h – Reunião do CNG do ANDES-SN;

19 h - LIVE Greve solidária com movimento sindical e movimento sociais (MAB, MST, MPA);


8 de maio (Quarta-feira)

9h - Pressão na Câmara dos deputados com entrega de carta aos parlamentares;

9h - Vigília em frente ao Anexo 2 da Câmara dos Deputados;

15h - Atividade conjunta dos CNGs sobre o debate de orçamentos


9 de maio (Quinta-feira)

Dia Nacional de luta nas Universidades, Institutos e Cefets nos locais de trabalho e estudo;CNG se soma às atividades dos sindicatos e movimento estudantil local em Brasília;Ações das redes para chamar atenção;


10 de maio (Sexta-feira)

7h - Café com Lula;

9h30 - Reunião do CNG;


13 de maio (Segunda-feira)

Ato em Brasília durante as mesas e indicação de mobilização nas reitorias e envio de mais pessoas dos CLGs.


Fonte: ANDES-SN

Comments


bottom of page