Live de Aniversário da ADUFOP - 39 anos e Lançamento da Campanha de 40 anos da entidade


A Diretoria da ADUFOP convida todas e todos para a Live de Aniversário da ADUFOP - 39 anos e para o lançamento da Campanha ADUFOP 40 anos. A live será no próximo sábado, 6 de novembro, a partir das 18h, com transmissão ao vivo pelo Facebook e Youtube da entidade. Será um momento de confraternização e reflexão sobre o tempo presente e os desafios postos à educação, à universidade pública e às entidades que pautam as lutas sociais e sindicais nesse âmbito.


A live contará com duas apresentações musicais. Uma delas é Zé Miranda, músico que tem se dedicado à canções que falam sobre os impasses e angústias do povo brasileiro. A outra apresentação será da cantora e compositora Giselle Couto, com músicas dos mais renomados sambistas brasileiros e seu repertório autoral.


A campanha ADUFOP 40 anos compreenderá uma série de atividades que objetivam resgatar a história e memória da entidade, dar voz e vez aqueles e àquelas que assumiram o compromisso de conduzir e construir o sindicato ao longo dos anos, explicitar o protagonismo e contribuições da ADUFOP nas lutas locais, refletir sobre os atuais desafios sindicais da educação superior pública, bem como, fomentar a articulação cada vez mais pujante entre os sindicalizados/as, dentre outras ações.


Saiba mais sobre os artistas:


Zé Miranda

Nascido em Ouro Branco, Zé Miranda morou por 6 anos em Mariana, onde se formou professor, no curso de letras da UFOP. Defendeu este ano sua dissertação no programa de pós-graduação de Letras da UFOP, na qual estudou relações entre o cancioneiro nordestino, a literatura e o cinema brasileiro. Atualmente, leciona numa escola da rede pública em Mariana e vem trabalhando nas canções do seu disco de estreia, "LEIA A BULA". Será um álbum com 10 canções autorais que surgem e tencionam um diálogo com esse nosso tempo, cuja realidade desafia a arte. São canções que falam direto aos impasses e angústias do povo brasileiro, que perpassam as contradições e as dúvidas desse momento em que a verdade se impõe como desafio.


Giselle Couto

Iniciando sua trajetória musical na região dos Inconfidentes, Giselle Couto estudou música na UFOP, mas antes disso já era figura cativa nos palcos de Minas Gerais. Intérprete, dona de uma bela e inconfundível voz, sempre é convidada para as rodas de samba e choro mais significativas do cenário mineiro atual e se destaca, presenteando seu público, com suas interpretações cada vez mais amadurecidas e cheias de personalidade. Revelou-se no samba em 2002, com o grupo Samba na Ladeira em Ouro Preto. Em 2013 foi uma das cantoras de samba residente do projeto Samba da Madrugada em Belo Horizonte. Neste ano, Giselle fará um lançamento virtual do seu novo disco “NATUREZA”, com produção musical e arranjos do violonista Thiago Delegado.


Contamos com a companhia de todos e todas, nesse momento, ainda virtual, em suas casas.