Moção de apoio à professora Elizabeth Sara Lewis


A diretoria da Associação de Docentes da Universidade Federal de Ouro Preto – ADUFOP, manifesta seu apoio à professora Elizabeth Sara Lewis, professora da Escola de Letras da Unirio, que, após 8 anos como docente desta instituição, está correndo o risco de ter sua posse anulada e, consequentemente, ser desligada da função.


A professora é estrangeira e garantiu sua posse com medida judicial, pois a universidade exigia a apresentação de visto específico em prazo inexequível. Com o fim do processo na Justiça, a instituição se mobilizou para anular sua posse, mas foram apresentados pelo movimento docente e por assessores jurídicos algumas possibilidades de solução administrativa. Para que a docente tenha seu direito a manter-se na função reconhecido, é preciso que a reitoria da Unirio acolha a reivindicação da comunidade acadêmica, que defende a permanência da professora no quadro efetivo da universidade.


A professora é reconhecida pela excelência do seu trabalho no ensino e na pesquisa, além de ser bastante ativa na comunidade acadêmica, participando de conselhos deliberativos, coordenação de curso e outras funções vitais ao funcionamento da universidade.


Além disso, é ex-presidenta da Adunirio e atualmente ocupa vaga no Conselho de Representantes, tendo uma importante trajetória na luta pelos direitos docentes. O seu desligamento da Unirio seria uma perda irreparável para a universidade, além de uma medida que fere a dignidade da pessoa estrangeira no tratamento conferido pelas instituições nacionais, as quais não deveriam interpor entraves ao seu acesso a direitos.


Ouro Preto, 12 de junho de 2022

Diretoria da ADUFOP