Nota de repúdio às declarações de Carlos Bolsonaro

A ADUFOP vem a público manifestar veemente seu repúdio às desrespeitosas e difamatórias declarações do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), que neste domingo (22), disse que os cursos de humanas ensinam ‘como dar a rosca sem sentir dor’, em publicação no Twitter, ao comemorar a medida de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, de retirar recursos das áreas de Humanas e repassar para áreas de Exatas.



O ataque agressivo à educação e, especialmente, à educação superior pública, tem sido uma marca desse governo e vem se intensificando cada dia mais. São inúmeras as situações de ataques. Ameaça de acabar com cursos da área de humanas como Filosofia e Sociologia; perseguição a professore(a)s em pleno exercício de sua função; intervenção nos processos de consulta à comunidade acadêmica para escolha do(a)s reitore(a)s; sucessivos cortes de verbas para as instituições de ensino; suspensão de novas vagas para concursos públicos; cortes das bolsas de pesquisas, entre outras medidas que buscam destruir a educação superior pública.


A ADUFOP repudia veemente as declarações de Carlos Bolsonaro. Elas são parte de uma campanha que visa a desvalorização da educação pública. Por isso, a ADUFOP assim como o ANDES-SN, vem lutando, em unidade com estudantes e trabalhadores da educação para combater os projetos perversos do governo.

Horário de funcionamento:
De segunda a sexta, das 9h às 17h.


Telefone: (31) 3551-5247
E-mail: secretaria@adufop.org.br

comunicacao@adufop.org.br

Endereço: R. Antônio José Ramos, 65 - Bauxita, Ouro Preto - MG, 35400-000, Brasil

  • Preto Ícone YouTube

Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação ADUFOP | 2018