Nota pública da Frente Mineira de Luta das Atingidas e dos Atingidos pela Mineração — FLAMa-MG

Ouro Preto, 14 de novembro de 2020.

A Frente Mineira de Luta das Atingidas e dos Atingidos pela Mineração — FLAMa-MG, torna público nota que analisa a Ação Civil Pública n°. 5000885-66.2020.8.13.0461, referente à situação da elevação de risco da barragem de Doutor no distrito de Antônio Pereira em Ouro Preto/MG e, consequente, a remoção das famílias atingidas na Zona de Auto Salvamento (ZAS).


A importância da presente nota demonstra-se pela necessidade de desmascarar a imagem de empresas comprometidas e responsáveis que tais mineradoras tentam perpassar à sociedade quando, na verdade, fazem fortes esforços para se esquivarem de suas mínimas responsabilidades com as atingidas e atingidos.

Devemos lutar, denunciar e fortalecer os que assim como nós, primam por um modelo de mineração não exploratório, que traga desenvolvimento social e melhora de vida a todos inseridos em territórios que vivem a tônica do rastro de destruição deixado pelas empresas mineradoras. Chega do criminoso dizer como pagará seu crime! Chega de cercear a voz e o protagonismo das atingidas e dos atingidos!


Leia a nota: