Nova diretoria da ADUFOP e Conselho de Representantes são empossados em Assembleia Virtual


Na terça-feira, 04 de maio, a 17.ª Diretoria da ADUFOP e o Conselho de Representantes foram empossados em Assembleia Geral Extraordinária Virtual para o biênio 2021 – 2023. Participaram da posse 18 docentes.


Na Assembleia, o professor André Mayer, presidente da entidade entre os anos de 2016 – 2021, agradeceu a equipe da Comissão Eleitoral — professores Fernando Abecê, Alissandra de Carvalho e Ricardo Augusto Silveira, ao Núcleo de Tecnologia da Informação da (NTI) e administração da UFOP pela plataforma usada durante as eleições. Agradeceu também a presença do professor Mario Mariano, vice-presidente da Regional Leste do ANDES-SN.


André Mayer fez a leitura do edital de convocação e da Ata de Apuração da Comissão Eleitoral ADUFOP com os resultados do Processo Eleitoral. Foi eleita a Chapa “Uma Flor Furou o Asfalto” com 197 votos.

A nova diretoria da ADUFOP é composta pela professora Kathiuça Bertollo, do curso de Serviço Social (ICSA), Presidente; pela professora Deborah Nascimento, da Administração (ICSA), vice-presidente; pela professora Joana Ferreira (ENUT), 1ª secretária; professora Karina Barbosa (ENUT), 2ª secretária; professor Rodrigo Ribeiro (ICSA), 1º tesoureiro; professor Marcelo Donizete (ICHS), 2º tesoureiro.

Para o Conselho de Representantes foram eleitos as/os professores Alessandra Ribeiro, André Mayer e Davi Machado, do ICSA; Cláudia Amaral, da Escola de Nutrição; Clarissa Rodrigues e Joaquim Toledo, do ICEB; Luís Seixas e Rodrigo Nogueira, da Escola de Minas; Rodrigo Martoni, da EDTM; Vanessa Mosqueira, da Escola de Farmácia.


Devido à pandemia, pela primeira vez na história da entidade, as eleições e a Assembleia de posse foram realizadas on-line.


A professora Kathiuça Bertollo é a primeira mulher a ocupar a presidência da ADUFOP. Ela agradeceu a todas e todos que depositaram seus votos na chapa, à gestão 2018-2020, que se estendeu até 2021. “Agradeço também aos novos companheiros e companheiras da chapa Uma Flor Furou o Asfalto. É um grande desafio que se põe à nossa frente. Um agradecimento especial por termos construído essa chapa de modo muito orgânico, num curto período do pleito eleitoral e com todas as dificuldades do isolamento social.”


A presidente ressaltou também o desafio que foi compor uma chapa com paridade de gênero. “Nós ultrapassamos a questão paritária. Ela é majoritariamente feminina. Entendemos como uma questão importante que ainda precisa ser debatida profundamente para que possamos efetivamente garantir essa condição de participação através da paridade de gênero”.


Kathiuça também comentou sobre o contexto em que vivemos. “Os desafios que vamos enfrentar enquanto Diretoria, Seção Sindical do ANDES Sindicato Nacional, classe trabalhadora brasileira são muitos e cada vez mais graves. Estamos em meio a uma pandemia tratada a partir de um profundo descaso pelo Governo Federal e pelos governos estaduais. Uma conjuntura de acirramento do conservadorismo, de ataque aos direitos trabalhistas, de desmonte dos serviços públicos, de desmonte da educação e da universidade pública. É um contexto de iminência da aprovação da Reforma Administrativa. Ressalto que devemos aprofundar nosso posicionamento contrário, acirrar nossas lutas e nossas campanhas e vencer essa reforma, para ela não ser aprovada”.