Rio Branco (AC) sediará o 41º Congresso do ANDES-SN


Pela primeira vez, a cidade de Rio Branco (AC) vai sediar o Congresso do ANDES-SN. Imagem: Divulgação/UFAC

Pela primeira vez, a cidade de Rio Branco (AC) vai sediar o Congresso do ANDES-SN. A 41º edição da instância máxima de deliberação da categoria filiada ao Sindicato Nacional ocorrerá no Acre, localizado na região de tríplice fronteira amazônica, composta por Brasil, Bolívia e Peru. A capital acreana, única candidatura apresentada como sede para o próximo Congresso, foi aprovada por ampla maioria pelas e pelos docentes do 40º Congresso do Sindicato Nacional aprovaram por ampla maioria, na plenária do Tema 4 – Questões Organizativas e Financeiras.


A história do estado é marcada pela luta contra a opressão dos povos indígenas e trabalhadores seringueiros, que conseguiram se unir e resistir ao avanço do agronegócio - que corresponde à produção de produtos derivados da agricultura e pecuária.


Em carta de apresentação, a Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre (Adufac-Seção Sindical do ANDES-SN), pontuou que a realização do evento no estado "colocará em evidencia não somente a defesa da universidade pública e dos serviços públicos, bem como encoraja a defesa das culturas e saberes ancestrais de povos indígenas e tradicionais aqui existentes, da preservação da biodiversidade dessa área do bioma amazônico, de alta concentração de espécies da flora e da fauna e um amálgama cultural singular".


Ademais, o ano de 2023 também marcará os 44 anos de fundação da Asdufac SSind. A Ufac foi criada em 1974, e a seção sindical foi constituída no ano de 1979, em plena ditatura empresarial-militar, dois anos antes da fundação do Sindicato Nacional, em 1981.


"Com essa história de luta, a Adufac SSind. vem contribuindo essencialmente para as conquistas da carreira docente e do ensino superior público, do fortalecimento da Universidade Federal do Acre, dos movimentos sociais do nosso estado e na região", diz um trecho da carta.


Fonte: ANDES-SN