top of page

Setor das Federais do ANDES-SN aprova Jornada de Lutas contra cortes dias 15 e 16


Os dias 15 e 16 de dezembro serão marcados por manifestações contra os cortes orçamentários e em defesa da Educação Pública nas universidades, institutos federais e cefets. Serão realizados atos, debates, panfletagens, ações como “Universidade na praça”, faixaços, entre outros.


A Jornada de Lutas foi aprovada na manhã desta segunda-feira (12), em reunião do Setor das Instituições Federais de Ensino (Ifes) do ANDES-SN, que contou com a participação de representantes de, ao menos, 25 seções sindicais do Sindicato Nacional. “Frente a mais um ataque do governo Bolsonaro à Educação Pública, com mais um bloqueio de verbas impedindo o funcionamento das instituições nesse final de ano, além de retirar bolsas estudantis, de pesquisa e até salário dos trabalhadores terceirizados, nós realizamos uma reunião do Setor das Federais para tratar da nossa ofensiva”, explicou Rivânia Moura, presidenta do ANDES-SN.


“O Setor aprovou, mediante avaliação de que essa conjuntura é muito difícil para a Educação Pública e assim permanece com o orçamento previsto para 2023, que nós precisamos finalizar esse ano e iniciar o próximo também em mobilização. Por isso, a ideia de construir os atos ainda em 2022, em conjunto com outras entidades nacionais da Educação, em resposta aos ataques. e também para dizer que nós não vamos recuar nem ficar calados frente ao processo de destruição da Educação Pública. Nós temos a responsabilidade de construir as lutas para reconstruir a Educação Pública em nosso país”, afirmou Rivânia.


Além da Jornada de Lutas, a reunião do Setor das Ifes aprovou ainda que o Setor realize um levantamento sobre os calendários acadêmicos das Instituições Federais (IFE) e existência de movimentos unificados dentro das IFE, e com outros movimentos sociais; reforçar com o Grupo de Trabalho de Política Educacional (GTPE) do ANDES-SN a necessidade de pesquisa e aprofundamento sobre o Reuni Digital e Educação a Distância (EaD). Também foi deliberado que as seções sindicais informem suas articulações de luta nos próximos dias.


O Setor das Ifes encaminhou, ainda, protocolar a pauta do ANDES-SN junto ao novo governo, solicitando uma agenda de discussão e negociação e realizar um ato em Brasília (DF) convocando representação das seções sindicais. Além disso, o Sindicato Nacional e suas seções sindicais irão impulsionar e ampliar a Campanha pela Defesa da Educação Pública e contra os cortes orçamentários.


“Avaliamos como bastante positiva da reunião que aconteceu hoje, porque várias seções sindicais fizeram essa avaliação da necessidade dessa mobilização. Avaliaram que é muito importante permanecer em luta. Diversas seções sindicais do ANDES-SN já se mobilizam e vêm realizando ações desde a semana passada e intensificando, nessa semana, com ações nas instituições, nos nossos locais de trabalho, mas também nas cidades em diversos estados, para que possamos encerrar o ano marcando mais um processo de mobilização no âmbito do ANDES-SN e da Educação Pública”, concluiu a presidenta do ANDES-SN.


Fonte: ANDES-SN

Comentarios


bottom of page