top of page

Vitória! Após pressão, vereadores retiram de pauta projeto que ataca docentes da Unirg

Diante da pressão por parte da comunidade acadêmica e de servidores e servidoras municipais de Gurupi (TO), vereadores e vereadoras retiraram da pauta de votação da sessão desta quarta-feira (3) o projeto de lei que visa modificar na Lei Orgânica do Município. Uma das principais alterações propostas é a mudança no processo de eleição para a reitoria da Universidade de Gurup (Unirg).


Manifestantes lotaram a Câmara de Vereadores para pressionar pela retirada da proposta. Imagem: Apug SSind.

A notícia de que a votação não ocorreria veio ainda na terça-feira (2). Porém, diante das suspeitas de que a votação pudesse ser realizada, o plenário foi lotado por servidores e servidoras de diversas áreas, especialmente da educação, já que também havia propostas de modificação no âmbito da educação municipal. Docentes e estudantes da universidade estiveram presentes, assim como representantes do movimento SOS Unirg e de entidades sindicais, como a Associação de Docentes (Apug Seção Sindical do ANDES-SN), representada pelo presidente Antonio Jerônimo Netto, o Sindicato de Técnicos/as (Sintet), representado pela sua presidente, Gabriela Zanina e o Sindicato de Servidores Públicos do Município de Gurupi (Sisemg), com a presidente Lucileia Nascimento.Após a abertura dos trabalhos, houve a leitura dos ofícios pelo diretor da Câmara, Gleyghston Pinheiro. Entre eles, o ofício da Apug SSind., no qual foi solicitado, em nome do presidente da Seção Sindical, Antonio Netto, espaço para fala na tribuna, caso insistissem em colocar em votação o PL 04/2023, o que não ocorreu. A categoria docente segue alerta, acompanhando a pauta da Câmara Municipal e pressionando para que a prefeitura recue nos ataques à comunidade acadêmica da Unirg.


*Fonte: Apug SSind./Miquelin Feitosa. Com edição e inclusão de informações ANDES-SN

Comments


bottom of page