ANDES-SN realiza seminários e festival cultural na região da tríplice fronteira


Eventos em Foz do Iguaçu (PR) abordarão Educação, organização docente, Multicampia e Fronteira​​​​​

Entre os dias 6 e 9 de dezembro, o ANDES-SN realizará o “II Seminário Internacional Educação Superior na América Latina e Caribe e Organização do(a)s Trabalhadore(a)s”, o “I Seminário Multicampia e Fronteira” e o “I Festival de Arte e Cultura: sem fronteiras, a arte respira lucha”. Os três eventos concomitantes acontecerão nas dependências da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) e na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), na cidade de Foz do Iguaçu (PR). Também estão previstas atividades em Ciudad del Este (Paraguai) e Puerto Iguazú (Argentina), que fazem fronteira com a cidade paranaense.


As atividades contarão com a presença de representantes sindicais e docentes pesquisadores e pesquisadoras de vários países, entre eles, Argentina, Uruguai, Paraguai, Cuba, Haiti, Bolívia, México, o que permitirá debates que perpassem os desafios à organização dos trabalhadores e das trabalhadoras docentes no continente latino-americano e caribenho, por exemplo, como as universidades têm enfrentado as opressões da sociabilidade capitalista e a presença, cada vez maior, de propostas de ensino remoto.


Francieli Rebelatto, 2ª secretária do ANDES-SN, ressalta que as características que marcam a Unila e a Unioeste - o internacionalismo, a multicampia e a realidade de uma região de fronteira -, corroboram significativamente para os debates propostos em ambos os seminários, que possuem vários pontos de conexão. “Desde a perspectiva de termos um espaço de acúmulo sobre as condições de trabalho e os desafios das universidades em nosso continente, destacando os enfrentamentos de universidades que estão às margens dos nossos territórios e como a condição da multicampia compõe novos desafios para a estruturação das universidades, a permanência dos estudantes, dentre outros”, afirma.


A diretora do ANDES-SN lembra também do encaminhamento aprovado no 65º Conad do ANDES-SN de avançar no debate de filiação do Sindicato Nacional a uma entidade internacional do setor da Educação. Segundo Francieli, os seminários ajudarão a ampliar o debate sobre o papel do sindicato nas lutas internacionais e também será uma excelente oportunidade para aprofundar a compreensão sobre quais são os enfrentamentos específicos das universidades que estão em territórios de fronteira.


Arte respira lucha O I Festival de Arte do ANDES-SN também acontecerá nesse contexto de integração latino-americana. A atividade contará com artistas do Brasil, da Argentina e do Paraguai, ampliando o horizonte de conhecimento sobre a diversidade artística e seu papel fundamental nas lutas por emancipação.


“Aproveitamos que a região da fronteira e a Unila, em especial, têm expressões artísticas que trazem essa presença marcante da América Latina para iniciarmos a caminhada do nosso Festival de Artes, com essa perspectiva de integração latino-americana. Tivemos um ano de muitos enfrentamentos para nosso sindicato, com isso, entendemos que finalizar esta jornada com este encontro em Foz do Iguaçu fortalecerá o sindicato para os desafios do próximo ano”, conclui Francieli.


Inscrições Para as demandas de planejamento e organização dos eventos, as inscrições de representantes das seções sindicais poderão ser feitas, pela internet, até às 12h, do dia 07 de novembro (segunda-feira), através do formulário digital. Clique aqui https://forms.gle/tcm77WoTjEFqJ6bj6


Confira aqui a programação dos eventos


Fonte: ANDES-SN