Assembleia Geral da Classe Trabalhadora organiza lutas contra a Reforma da Previdência

Entidades sindicais começam a luta para barrar a Reforma da Previdência - ANDES-SN

A cidade de São Paulo (SP) recebeu, ontem (20), na Praça da Sé, às 10h, a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. A atividade foi convocada pelas centrais sindicais e teve como objetivo organizar a luta contra a Reforma da Previdência que foi apresentada pelo Governo Federal no mesmo dia. Foram realizadas também atividades nos estados, configurando a primeira grande mobilização unificada em 2019 contra os ataques do governo Bolsonaro.


A Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora lançou o Manifesto Unificado das Centrais Sindicais contra a Reforma da Previdência. O documento marca o início de um processo de mobilização nacional, com atos públicos e protestos. Propõe também uma campanha de conscientização da população sobre a gravidade da proposta.


O Manifesto antecipa que será definido um Dia Nacional de Lutas e Mobilizações em Defesa das Aposentadorias e da Previdência. Afirma que os dias 8 de março - Dia Internacional da Mulher e 1º de maio - Dia Internacional do Trabalhador serão datas de mobilizações unificadas contra a reforma.

As centrais sindicais se reúnem novamente na terça-feira, 26 de março, para avançar na construção do calendário de lutas.



Com informações ANDES-SN / CSP-Conlutas

Horário de funcionamento:
De segunda a sexta, das 9h às 17h.


Telefone: (31) 3551-5247
E-mail: secretaria@adufop.org.br

comunicacao@adufop.org.br

Endereço: R. Antônio José Ramos, 65 - Bauxita, Ouro Preto - MG, 35400-000, Brasil

  • Preto Ícone YouTube

Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação ADUFOP | 2018