Consciência Negra

Durante o mês de novembro até meados de dezembro, a ADUFOP divulgou semanalmente pequenos textos com reflexões diversas referentes ao tema da Consciência Negra nas suas redes sociais.


"Infelizmente, os negros vivenciam um estado permanente de exclusão na sociedade brasileira. A opressão sucede de diversas formas e sua mobilidade social é diariamente dificultada ou impedida. O racismo se naturalizou no país, foi entronizado em muitos setores da sociedade brasileira e eclode em atitudes conscientes e inconscientes dos indivíduos.


(...)


Todos têm o direito de existir, de ir e vir, de trabalhar, constituir família, ter educação e lazer. Contudo, por determinações históricas, esses direitos foram muitas vezes negados para as pessoas que trazem como raízes a cor da pele negra de seus antepassados africanos. O que deveria ser motivo de orgulho social passou a ser causa de exclusão e opressão.


O combate ao racismo é um problema de todos, não só dos negros. Manifestar-se como “não-racista” não é suficiente. Precisamos combater aguerridamente o racismo em nossa cultura. Enquanto o racismo existir não haverá liberdade, nem dignidade. Erradicar o racismo é um dever de toda democracia que se preze."


Trecho do texto "Me deixa respirar"

Profa. Guiomar de Grammont nasceu em Ouro Preto, é escritora brasileira, dramaturga e professora titular da Universidade Federal de Ouro Preto. Atua também como editora e curadora de eventos literários.




Horário de funcionamento:
De segunda a sexta, das 9h às 17h.


Telefone: (31) 3551-5247
E-mail: secretaria@adufop.org.br

comunicacao@adufop.org.br

Endereço: R. Antônio José Ramos, 65 - Bauxita, Ouro Preto - MG, 35400-000, Brasil

  • Preto Ícone YouTube

Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação ADUFOP | 2018