top of page

Docentes das estaduais da Bahia participam de protesto na tradicional Lavagem do Bonfim


Regional NE III do ANDES-SN presente. Foto: Ascom Fórum das ADs

Após dois anos de isolamento social, as festas populares da Bahia estão de volta. Na quinta-feira (12), aconteceu a tradicional Lavagem do Bonfim, em Salvador (BA). As seções sindicais do ANDES-SN nas universidades estaduais baianas – Uneb, Uefs, Uesb e Uesc - marcaram presença.


Diretoria da Adufs SSind. presente. Foto: Ascom Fórum das ADs

O Fórum das ADs, que reúne as seções sindicais, levou as pautas da categoria docente e do funcionalismo estadual para o cortejo, que foi marcado por fé, tradição e luta. As representações docentes reafirmaram a agenda de lutas em defesa da educação pública e por direitos.


Neste ano, o Fórum fez parte de um bloco unificado de sindicatos de servidoras e servidores públicos estaduais que, em unidade, levantou a bandeira do reajuste salarial para os trabalhadores e as trabalhadoras do Estado da Bahia. Além disso, a faixa das Seções Sindicais no cortejo também demarcou a luta em defesa da educação pública baiana com a frase "Quem tem fé na educação vai à luta".


Diretoria da Adusc SSind presente. Foto: Ascom Fórum das ADs

A decisão de participar do protesto foi definida no Fórum das ADs. Alexandre Galvão, coordenador do Fórum e presidente da Associação de Docentes da Uesb (Adusb SSind), avaliou como positiva a intervenção no cortejo. Segundo ele, foi muito importante a participação da categoria docente, para levantar a bandeira histórica em defesa da educação pública.


Diretoria e professores (as) da Aduneb SSind presentes. Foto: Ascom Fórum das ADs

“[Foi muito importante] também a decisão de todos os sindicatos do serviço público baiano de estarem juntos na luta pelo reajuste salarial. Para reverter a defasagem salarial que todos nós enfrentamos, é necessária união. Foram oito anos de perdas, que corroeram metade do nosso salário, e quatro anos de um presidente genocida, que piorou as nossas condições de vida. Esse ano de 2023 precisa ser de retomada democrática, organização e luta. Acredito que estamos no caminho certo e tenho certeza que nossa categoria seguirá mobilizada para os próximos desafios que virão”, afirmou Galvão.


Diretoria da Adusb SSind presente. Foto: Ascom Fórum das ADs

Fonte: Fórum das ADs, com edição do ANDES-SN




コメント


bottom of page