Homens invadem Reitoria da Uefs e intimidam servidores a retirarem faixa de "Fora Bolsonaro"


Manifestação realizada na Uefs após o episódio do dia 10 de outubtro. Foto: Adufs BA SSind

Em mais uma tentativa de intimidação, um novo episódio de violência política ocorreu na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), na Bahia. Na noite dessa segunda-feira (17), dois homens invadiram a Reitoria da universidade e coagiram servidoras e servidores do gabinete. Esse é o segundo episódio de violência ocorrida na instituição em um período de uma semana.


Segundo o reitor Evandro do Nascimento, que estava em sala ao lado no momento, dois homens adentraram a secretaria do Gabinete da Reitoria e intimidaram servidoras e servidores com gravação de imagem em celular, sem autorização, enquanto indagavam o motivo de universidade pública permitir a presença de uma faixa com os dizeres “Fora Bolsonaro”, colocada pela Associação de Docentes da Uefs (Adufs-BA – Seção Sindical do ANDES-SN) no pórtico da universidade.


O reitor interviu na situação e exigiu que os homens desligassem o celular e parassem com o constrangimento no ambiente de trabalho da instituição. Ele explicou que a Uefs está seguindo as orientações cabíveis para a obediência à lei eleitoral e que vê a exibição da faixa como exercício do direito à livre manifestação sindical e de liberdade expressão. Após a argumentação do reitor, os homens saíram do prédio da Reitoria. Minutos depois, a vigilância da instituição registrou a ação desses homens que retiraram duas das três faixas do pórtico da universidade. Há relatos de que esses mesmos homens tentaram por meio de um servidor da Unidade de Infraestrutura e Serviços (Uninfra) saber informações sobre a Adufs-BA SSind., mas não tiveram êxito.


A seção sindical do ANDES-SN na Uefs informou que, diante de mais um episódio de violência ao direito de livre expressão do pensamento sofrida pela Adufs- BA SSind., a assessoria jurídica do sindicato acionará os órgãos competentes para adoção das medidas adequadas para identificação e responsabilização dos agressores. “O bolsonarismo será derrotado nas ruas e nas urnas”, afirmou a entidade.


Já a Reitoria da Uefs também se manifestou em repúdio “às atitudes perpetradas por essas pessoas e grupos, e conclama a comunidade universitária a se mobilizar e seguir firme no propósito de defender os valores humanistas e civilizatórios, sem os quais não há como construir uma nação democrática, plural e livre”.


Atentado anterior Na noite do último dia 10, de acordo com informações de vigilantes que estavam de plantão na Uefs, homens armados cortaram e retiraram parcialmente a faixa “Fora Bolsonaro” colocada pela Adufs SSind. no pórtico da universidade.


Em uma ação violenta e antidemocrática, a faixa foi rasgada e os responsáveis fugiram do local antes da interferência dos vigilantes, que notificaram a ação à Administração Central.


Fonte: ANDES-SN Com informações da Uefs e Adufs-BA SSind


Saiba mais Homens armados vandalizam faixa com “Fora Bolsonaro” na Uefs