top of page

Regional Rio de Janeiro do ANDES-SN realiza encontro no dia 27 de abril


As conjunturas nacional e estadual e os desafios para o movimento docente no estado do Rio de Janeiro frente à ofensiva neofascista à Educação vão ser debatidas durante o Encontro da Regional Rio de Janeiro do ANDES-SN. A atividade acontecerá no dia 27 de abril (quinta-feira), a partir das 15 horas, na sede da Associação de Docentes da Universidade Federal Fluminense (Aduff SSind).


“A proposta é que a gente consiga fazer um debate entre as seções sindicais sobre a realidade do Rio de Janeiro, paralelo à conjuntura nacional, especialmente construirmos alternativas aos processos de militarização da educação e para o enfrentamento dessa onda neofascista. Vai ser um encontro para pensarmos coletivamente essas questões”, conta Rosineide Freitas, 2ª vice-presidenta da Regional Rio de Janeiro do ANDES-SN.


A diretora do Sindicato Nacional ressalta que, no Rio de Janeiro, já houve experiências de frentes amplas da Educação, que acabaram se desarticulando durante a pandemia. E a Regional tem sentido a necessidade de estar em contato com outras entidades do setor da Educação. “Esse encontro é para movimentar a nossa base e nos colocar nesse movimento de rearticulação do setor de Educação no Rio de Janeiro, para que possamos pensar os enfrentamentos”, acrescenta.


Debate O encontro, aberto a docentes da base do Sindicato Nacional, abordará a lógica de militarização e os recentes ataques e ameaças nas escolas e instituições de ensino superior, a luta contra o Novo Ensino Médio e a questão racial, em especial no estado do Rio de Janeiro.


“A mesa de debate irá pensar também as questões raciais no estado do Rio de Janeiro, que são muito frequentes e muito flagrantes. A gente tem, recorrentemente, casos que são explicitamente de racismo e isso impacta as nossas instituições, nossos estudantes, as trabalhadoras e os trabalhadores da Educação. E, nós, enquanto setor da Educação, não podemos fica alheios ao que acontece no nosso estado. O debate das questões raciais também vai ser importante nesse cenário de reorganização do setor da Educação, especialmente nas nossas nove seções sindicais”, explica Rosineide.

Confira a programação: 15h – Mesa de Abertura 15h30 - Mesa: Conjuntura Nacional, Estadual e os desafios para o movimento docente no Estado do Rio frente à ofensiva neofascista a Educação. 19h – Atividade político cultural com o Teatro das Oprimidas Local: Aduff SSind. – Rua Lara Vilela, 110, Niterói (RJ)



Fonte: ANDES-SN

Comentários


bottom of page