Servidores fazem manifestação na Câmara contra ataques ao funcionalismo público

A luta em defesa do serviço público e dos servidores ganhou reforço nessa quarta-feira (12), com o relançamento da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público. O ato, em protesto ao desmonte promovido pelo governo Bolsonaro e aos recentes ataques contra os servidores, aconteceu no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, que foi lotado por representantes de diversas categorias do funcionalismo federal.


Frente Parlamentar Mista do Serviço Público foi relançada durante ato no Nereu Ramos - Divulgação ANDES-SN

A mobilização reuniu centrais sindicais, federações, sindicatos, associações e parlamentares de oposição. A Frente Parlamentar Mista do Serviço Público será coordenada por diferentes deputados e senadores, contando ainda com o apoio de entidades sindicais e da sociedade civil organizada. Entre elas, estão o ANDES-SN, a Fasubra, a Anfip, a Auditoria Cidadã da Dívida Pública; a CNTE, entre outras.


O ato faz parte do conjunto de atividades que o Serviço Público Federal organizou para convocar os parlamentares a reagirem contra os desmontes idealizados pelo governo federal e serviu para marcar o início da Campanha Salarial Unificada dos SPF.  Além dos representantes sindicais, estiveram presentes 35 deputados e dois senadores.


Segundo Eblin Farage, secretária-geral do ANDES-SN, as mobilizações estão sendo realizadas com o objetivo de atrair a atenção dos parlamentares, mas apenas isso não é suficiente. ‘‘Nossa avaliação é a de que temos que continuar lutando para barrar as contrarreformas e os ataques aos serviços públicos, nas ruas. A diminuição dos investimentos em educação, saúde, segurança pública atingem aos mais pobres. Só as ações com os parlamentares não bastam. Convocamos a categoria para mobilizações nas ruas e, conforme deliberado no 39º Congresso, precisamos ser capazes de construir a greve do Serviço Público Federal e também a Greve da Educação’’, avalia Eblin.


Nessa terça (11), as categorias tentaram protocolar, no Ministério da Economia, a pauta de reivindicações conjunta, construída no Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe).  No entanto, apenas quatro representações foram autorizadas a entrar no prédio, mas não foram recebidas por autoridade alguma. A pauta foi protocolada por meio digital.


Ameaças A prioridade da Frente Parlamentar Mista será atuar, junto com os servidores, em resistência aos projetos de lei e propostas de emenda constitucionais que afetam a administração pública. Entre elas, está a reforma administrativa, que ainda não foi apresentada por Bolsonaro ao Congresso Nacional, mas já é motivo de preocupação, dado o caráter neoliberal e privatista do governo.


Outra medida, já em tramitação, que representa uma grande ameaça aos servidores públicos e à qualidade dos serviços ofertados à população é a chamada “PEC Emergencial” (nº 186/2019), que pretende reduzir a jornada e os salários dos servidores em até 25%.


Fonte: ANDES-SN com informações Brasil de Fato

Horário de funcionamento:
De segunda a sexta, das 9h às 17h.


Telefone: (31) 3551-5247
E-mail: secretaria@adufop.org.br

comunicacao@adufop.org.br

Endereço: R. Antônio José Ramos, 65 - Bauxita, Ouro Preto - MG, 35400-000, Brasil

  • Preto Ícone YouTube

Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação ADUFOP | 2018